Em Itajaí, Campagnolo discute projeto com representantes de bares e restaurantes

Campagnolo discute Projeto do Lockdown com representantes de bares e restaurantes de Itajaí

Associações comerciais e industriais vêm demonstrando apoio ao projeto que visa dar voz aos setores produtivos nas decisões do governo sobre medidas restritivas

A insatisfação com as medidas restritivas do governo estadual de Santa Catarina sobre o comércio foi o foco da reunião entre a deputada estadual Ana Campagnolo e representantes do setor de bares e restaurantes de Itajaí, SC. Cumprindo agenda na cidade em que nasceu, na quarta-feira (24/03), a deputada solicitou o apoio dos setores para o projeto de lei 51.1/2020, que visa proibir o governo do estado de decretar a paralisação do comércio e demais atividades produtivas sem um entendimento prévio com empresários e trabalhadores.

Recentemente, empresários e trabalhadores do setor na região realizaram uma carreata com o tema “Todo trabalho é essencial – 100% das vidas importam”. O ato contou com mais de 700 carros e 300 motos, segundo os dados da Polícia Militar, e percorreu as ruas de Itajaí e Balneário Camboriú para demonstrar a insatisfação de trabalhadores classificados como “não essenciais” pelos decretos estaduais e pedir a ampliação dos horários de atendimento para evitar aglomeração, além da isenção de impostos durante a pandemia.

A deputada assumiu o compromisso de representar as demandas desses cidadãos, e irá tentar agendar uma reunião entres os representantes dos comércios da região com o secretário da Casa Civil para construir um entendimento entre os setores produtivos e o governo do Estado.

ALESC

A Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia reuniu, na última quarta-feira (24/03), representantes da Fiesc e Fecomércio. Eles se reuniram em uma sessão virtual para discutir os efeitos do agravamento da pandemia na indústria e comércio de Santa Catarina.

Questões como lockdown e o projeto da deputada Ana Campagnolo, que impede fechamento dos setores produtivos sem ouvir os proprietários e trabalhadores, fizeram parte da pauta da conversa. Os presidentes da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-SC), Bruno Breithaupt, manifestaram que são contrários a um possível lockdown no estado. Eles defendem a manutenção das atividades econômicas, mantendo rigorosos protocolos de segurança adotados desde o início da pandemia para que se possa manter os empregos e a saúde das pessoas. “Somos defensores da manutenção da atividade econômica”, foi a tônica dos pronunciamentos.

Sobre

Eleita com 34.825 votos pelo PSL como a Deputada Estadual mais jovem de Santa Catarina e única mulher conservadora do parlamento. É itajaiense, professora de História e pós-graduada em Literatura Portuguesa. Autora do livro: "Feminismo — Perversão e Subversão".

Navegação

  • Início
  • Atividade Parlamentar
  • Notícias
  • Livraria
  • Galerias
  • Blog
  • Eventos
  • Clube

Contato

(48) 3221-2686

(48) 99695-5600

ana@alesc.sc.gov.br

Rua Dr. Jorge Luz Fontes, 310,
Centro, Florianópolis - SC,
88020-900

Redes Sociais