Campagnolo participa de 2ª edição do CPAC em Brasília, DF

Maior evento conservador do Brasil reuniu parlamentares e outras figuras públicas defensoras do conservadorismo e liberdade de expressão

O CPAC (Conferência de Ação Política Conservadora, na tradução do inglês) Brasil 2021, que tem como lema: "Liberdade não se ganha, se conquista", foi realizado nos dias 3 e 4/09 em Brasília. O evento reuniu parlamentares, figuras públicas e influenciadores da internet em torno da invocação da democracia e liberdade de expressão.

A deputada estadual Ana Campagnolo (líder bancada PSL) foi uma das convidadas para a rodada de conversas no primeiro dia. Ela falou sobre não acreditar no feminismo como um caminho para ter entrado na vida política. "Essa é uma falácia recorrente. Parece que nada existia antes do movimento feminista, então ouvimos com frequência que a mulher não poderia votar, estar na política, trabalhar ou estudar. E o movimento usa isso como uma forma de roubar as nossas conquistas pessoais. Mas se voltarmos ao passado vamos ver que não é dessa forma de acordo com muitos fatos históricos, de mulheres como Cleópatra, a Princesa Isabel, Margaret Thatcher e outras mulheres que se tornaram protagonistas quando ainda não existia o feminismo", explicou.

Além de Campagnolo, também participaram no primeiro dia de debates, o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, os deputados federais Capitão Derrite (PP-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Filipe Barros (PSL-PR), Caroline de Toni (PSL-SC) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o vereador Nikolas Ferreira (PRTB), de Belo Horizonte.

Donos de canais de sucesso no YouTube, como Barbara Destefani, do Te Atualizei, e os humoristas do Canal Hipócrita falaram no evento, além da analista política e medalhista olímpica de vôlei Ana Paula Henkel.

Dentre os assuntos comentados, foram feitas frequentes referências às prisões, atentados à liberdade de expressão e decisões controversas do Supremo Tribunal Federal (STF) contra figuras de direita. Outro assunto trazido à tona diversas vezes foi a quebra da hegemonia da esquerda na opinião pública.

HISTÓRIA

O primeiro CPAC ocorrido no Brasil foi realizado nos dias 11 e 12 de outubro em São Paulo, originado da relação entre o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e Matt Schlapp, presidente da ACU.

Em 2020, foi realizada a sua 47ª edição, na qual o primeiro brasileiro discursava no palco do CPAC, o Dep. Federal Eduardo Bolsonaro, celebrando a união entre Brasil e EUA. Desde então, o CPAC se expandiu para muitos outros países, tendo ocorrido na Austrália, Coreia do Sul, Japão e Irlanda.

O CPAC Brasil 2019 foi, até agora, o maior evento conservador da história do Brasil.

Sobre

Eleita com 34.825 votos pelo PSL como a Deputada Estadual mais jovem de Santa Catarina e única mulher conservadora do parlamento. É itajaiense, professora de História e pós-graduada em Literatura Portuguesa. Autora do livro: "Feminismo — Perversão e Subversão".

Contato

(48) 3221-2686

(48) 99695-5600

ana@alesc.sc.gov.br

Rua Dr. Jorge Luz Fontes, 310,
Centro, Florianópolis - SC,
88020-900

Redes Sociais