Serra catarinense recebe visita da deputada Campagnolo

Rancho Queimado está entre as cidades visitadas, conhecida pelo tratamento precoce administrado à população, segue com índices mínimos de Covid-19

Reunião com a prefeita Cleci Veronezi e o médico clínico geral Armando Taranto Júnior

Na sexta-feira (16/04), a deputada Ana Campagnolo cumpriu agenda em munícipios do interior da Grande Florianópolis. Pela manhã, em Angelina, participou de reunião organizada por apoiadores com a prefeita Roseli Anderle para discutir pautas relacionadas à economia local, que é sustentada majoritariamente por dois pilares: a agricultura e o turismo; este último muito afetado pela crise do coronavírus.

Outro ponto levantado pelos representantes da administração da cidade foi a situação do transporte escolar: os aproximadamente mil estudantes da rede pública que são atendidos pelo serviço estão espalhados por todas as comunidades de Angelina, que apesar de possuir apenas 5.250 habitantes segundo o censo mais recente, tem uma área territorial de mais de 500 km², sendo que 90% das estradas não possuem calçamento.

Hoje, o translado é realizado por uma frota terceirizada, cuja manutenção consome 10% do orçamento anual do município, que gira em torno de 18 milhões. Entre as solicitações apresentadas, está a aquisição de veículos próprios para que a prefeitura economize com esses gastos e possa investir em outras necessidades da população. A deputada Ana Campagnolo se comprometeu a contribuir com a demanda, buscando recursos tanto via parlamentar quanto intercedendo junto aos governos Estadual e Federal – nesse sentido, cada linha disponibilizada representará uma economia de R$ 30 mil reais para os cofres de Angelina.

Ainda na reunião, a parlamentar tomou ciência do sonho da comunidade local de pavimentar e consolidar como atração turística a estrada de terra conhecida como “Caminho da Fé”: trecho centenário de aproximadamente 27 km que liga Angelina a São Pedro de Alcântara, proporcionando a romeiros e amantes da aventura um trajeto rodeado de belezas naturais, casarões históricos, capelas rurais e símbolos religiosos.

À tarde, a deputada seguiu para Rancho Queimado, município catarinense que se tornou referência para o Brasil ao adotar uma ampla estratégia de combate à covid-19. Em reunião com a prefeita Cleci Veronezi e o médico clínico geral Armando Taranto Júnior, que elaborou ainda em março de 2020 o protocolo que chama de “Tratamento Imediato”, que praticamente zerou as demandas por leitos e respiradores artificiais e que até o momento custou menos de R$ 50 mil reais ao orçamento da prefeitura.

Foto no gabinete da prefeita de Rancho Queimado

O protocolo consiste no acompanhamento clínico especializado e a aplicação de medicação selecionada para cada uma das fases, iniciando já desde os primeiros sintomas da doença, mas se sustenta também em diversas outras estratégias, como a instalação de um centro de atendimento separado, onde os contaminados com o vírus são tratados à parte dos habitantes acometidos por demais doenças. Todos os protocolos foram discutidos com a comunidade e aprovados pela Câmara dos Vereadores.

Além de buscar mais informações sobre o procedimento para compreender os motivos que levaram Rancho Queimado a ser uma das cidades brasileiras mais bem-sucedidas no combate ao coronavírus, Campagnolo se comprometeu a articular junto com outros deputados estaduais para que a experiência realizada no município seja devidamente analisada na Assembleia Legislativa, tendo em vista que a solicitação por uma audiência pública encaminhada pelo médico Armando Taranto segue travada na Comissão de Saúde.

Na conversa, o médico também esclareceu e desmentiu diversas desinformações propagadas por alguns órgãos de mídia, que têm confundido a população. Segundo o clínico, o “tratamento imediato” não deve ser compreendido como um imunizante substituto para a vacina, mas sim como uma alternativa a ser aplicada nos pacientes antes da manifesta necessidade de internação.

Sobre

Eleita com 34.825 votos pelo PSL como a Deputada Estadual mais jovem de Santa Catarina e única mulher conservadora do parlamento. É itajaiense, professora de História e pós-graduada em Literatura Portuguesa. Autora do livro: "Feminismo — Perversão e Subversão".

Navegação

  • Início
  • Atividade Parlamentar
  • Notícias
  • Livraria
  • Galerias
  • Blog
  • Eventos
  • Clube

Contato

(48) 3221-2686

(48) 99695-5600

ana@alesc.sc.gov.br

Rua Dr. Jorge Luz Fontes, 310,
Centro, Florianópolis - SC,
88020-900

Redes Sociais